Médico em Casa

Tratamentos

Alternativas & Recomendações médicas

Tratamento para rugas e flacidez

 

Entrevista com a dermatologista
Dra Natacha Purchio Monteiro
CRM: 134.046

Como o Sutura Silhouette ajuda nas rugas e flacidez? 

O Sutura Silhouette é um fio que é colocado dentro da pele, num primeiro momento tem a sustentação dada pela tração do fio. Num segundo momento, tem a sustentação dada pelo colágeno, que é estimulado pelo material de que é feito o fio, que é o ácido polilático. Esse ácido estimula a produção de colágeno, que você vai perdendo ao longo do tempo. 

 

Depois de quanto tempo que colocou o fio o paciente sente os resultados? 

Na hora sente o resultado que é dado pelo fio. Você puxa o fio e a pele já levanta e, ao longo dos meses, vai sentindo a firmeza no toque pela produção de colágeno. Então, ao longo de meses. 

 

Para tratar rugas e flacidez é um tratamento menos invasivo e com bom resultado? 

Ele não é o menos invasivo porque o fio é colocado dentro da pele, mas tem um resultado muito bom e é um dos tratamentos mais indicados para a flacidez inicial. Uma pessoa mais velha, nos seus 60, 70 anos, que já tem a indicação da cirurgia plástica, não vai dar um resultado satisfatório, não tem indicação.  

 

Quais são as áreas do rosto que podem ser beneficiadas pelo tratamento? 

São três  áreas principais:

– a sobrancelha que melhora o olhar porque você faz uma elevação da cauda da sobrancelha;

– a região malar e a bochecha, melhorando o aspecto do famoso bigode chinês;

– a região da mandíbula, melhorando o contorno e a boca com as laterais caídas, que dá aquele aspecto de “bulldog”. 

 

Como é feita a colocação do fio? 

O médico especialista, que normalmente é cirurgião plástico ou dermatologista, faz a avaliação inicial para ver o local que vai colocar o fio, faz a marcação na pele e a anestesia local que é feita nos pontos para passar a microagulha dentro da pele – são três pontos de anestesia bem no local. Como o fio passa no subcutâneo, que é uma região da pele que não tem enervação, o paciente não sente o fio. A anestesia é para o furinho da agulha que vai levar o fio. 

 

Quanto tempo dura o procedimento? 

Dura de trinta minutos a uma hora e meia, porque isso depende da quantidade de fios que o paciente coloca, isso varia de pessoa para pessoa. Você pode colocar um fio de cada lado ou até três ou quatro fios. Então, quanto mais fios, mais demorado será o procedimento. 

 

Há casos de rejeição? 

Não, não há casos de rejeição. Nenhum relato de casos de rejeição. 

 

Por quanto tempo ele mantém a firmeza do rosto? 

Ele mantém em torno de 18 meses, mais ou menos. No primeiro momento, há aquela tração dada pelo fio e, ao longo desses 18 meses, quando o fio está sendo absorvido pela pele vai tendo o estímulo de colágeno. O paciente vai sentindo a pele mais firme. 

 

O paciente pode recolocá-lo? 

Sim, colocou em uma área, sentiu que ficou bom e quer colocar em outra área, também dá para colocar. O Sutura Silhouette é usado não só em face, é usado em qualquer área do corpo. Ele tem sido usado até no umbigo, perna, braço, pescoço… 

 

Onde existe flacidez ele pode ser colocado? 

Sim, quanto maior a flacidez e o local a ser tratado, mais fios têm que ser colocados. 

Dá para sentir o fio? 

No comecinho dá para sentir,  mas depois a pele vai acomodando e aí o paciente pára de sentir. 

 

As pessoas conseguem perceber? 

No começo, dá para perceber porque tem a tração dada pelo fio e a pele fica repuxada, mas depois de duas ou três semanas vai acomodando e não é possível perceber nada. Você não percebe o fio, percebe a tração da pele. 

 

Há restrições depois do tratamento? 

Se o paciente trabalha com público não vai querer trabalhar porque fica com a pele repuxada. Você sente a ruguinha no rosto, próximo à orelha e leva um tempo para acomodar. As restrições existem  para não correr o risco do fio arrebentar: o paciente que faz atividade física vai precisar ter um cuidado maior por três semanas; ele também não vai poder fazer movimentos muito bruscos com o rosto para não correr risco de o fio arrebentar e mastigar alimentos não muitos duros.

Veja também

Este post tem 2 comentários

Deixe uma resposta

Fechar Menu